Seguro de Saúde – a proteção mais valiosa

Geralmente só nos apercebemos da importância da nossa saúde quando a perdemos. A pandemia do vírus Covid 19, despoletou em cada um de nós uma preocupação com os cuidados e acessos aos serviços de saúde, assim como uma análise mais aprofundada da importância de mantermos um estilo de vida mais salutar.

Nesta fase, o Serviço Nacional de Saúde (SNS) ficou assoberbado, motivo pelo qual muitas pessoas necessitaram de se deslocar a unidades de saúde privadas para conseguirem consultas e cuidados primários. Ter um seguro de saúde foi, para alguns, a melhor forma de garantir e beneficiar de uma proteção mais completa e ampla. E porquê?

Benefícios de um Seguro de Saúde

  1. Ampla rede de acesso: com um seguro de saúde passa a ter acesso a uma vasta rede de prestadores de cuidados de saúde ajustada à sua necessidade. Pode recorrer a esta rede em qualquer momento e, tendo acordo com uma seguradora, paga apenas a parte que lhe é devida, ou a totalidade com reembolso posterior, dependendo do seguro contratado.
  2. Rapidez e flexibilidade: se compararmos com o SNS, verificamos que na rede de prestadores privados há maior celeridade das consultas e tratamentos, não necessitando de esperar meses por uma consulta ou cirurgia. Por sua vez, acedendo a uma rede de serviços ampla, tem a oportunidade de poder escolher o hospital/clínica, ou médico da sua preferência. Beneficia ainda de acesso a um serviço de atendimento telefónico 24 horas por dia, através do qual pode esclarecer as suas dúvidas e obter segundas opiniões junto de equipas médicas e de enfermagem.
  3. Vantagens para a família: poderá incluir todo o agregado familiar no Seguro de Saúde, beneficiando de descontos por cada pessoa incluída.
  4. Seguro adaptado às necessidades: como os Seguros de Saúde são compostos por diferentes coberturas e capitais, poderá escolher a proposta mais adequada às suas necessidades, entre as várias ofertas das seguradoras.
  5. Ofertas extra: além das coberturas de Assistência Ambulatória (consultas) e Hospitalização (cirurgias), dispõe de outros serviços extra, nomeadamente apoio ao domicílio, medicina preventiva, descontos em parceiros de lazer, bem-estar e óticas, estomatologia (medicina dentária) e até a possibilidade de inclusão de despesas de tratamento em caso de doenças graves.

Se está a pensar numa alternativa ao SNS, certamente já ouviu falar em Planos de Saúde e em Seguros de Saúde. Conhece as diferenças entre ambos? Sabe qual pode ser mais vantajoso? São produtos distintos, pelo que é importante conhecer o que oferece cada um, para que possa comparar e escolher de forma consciente e informada.

Plano de Saúde ou Seguro de Saúde?

  1. Seguro de Saúde

Os Seguros de Saúde visam dar acesso a cuidados médicos no setor privado, pagando um custo menos elevado do que se recorresse diretamente a esses serviços. Desta forma consegue consultas, exames, cirurgias e tratamentos em consultórios, hospitais e clínicas privadas, por um preço mais económico.

Os Seguros de Saúde implicam coberturas, exclusões e períodos de carência. As doenças preexistentes e conhecidas do segurado, quando faz o seguro, podem estar ou não cobertas. No caso de não constituírem exclusão, pode ser indicado um período de carência não superior a um ano.  

As coberturas têm também períodos de carência, isto é, um prazo durante o qual essas mesmas coberturas não estão ainda a produzir efeitos. Todavia, durante o período de carência, pode utilizar o Seguro de Saúde pagando ao prestador o preço de companhia (mais baixo que o preço normal de consulta).

Como funciona?

Mediante o pagamento de um determinado valor mensal (chamado de prémio), tem acesso aos cuidados de saúde abrangidos pelo contrato. O valor do prémio varia consoante as coberturas contratadas e a idade. Geralmente os Seguros de Saúde são pacotizados, no entanto poderão incluir-se coberturas adicionais como estomatologia ou parto. Quanto mais abrangente for o seguro, maior o valor do prémio.

No que respeita ao pagamento das despesas de saúde, o mesmo pode ocorrer de duas formas: através de um sistema de reembolso, ou de um sistema de copagamento. Pode até ser uma combinação de ambas as modalidades. Na modalidade de reembolso, terá de pagar a totalidade da despesa, enviar a fatura para a companhia e receber a devida comparticipação estipulada no contrato, respeitando o capital disponível para cada cobertura, ou a percentagem máxima de comparticipação. Na opção de copagamento ou rede convencionada, só paga uma parte da despesa. Será necessário recorrer à rede de prestadores com que a seguradora tem acordos.

Vantagens

Antes de mais importa referir que os Seguros de Saúde obedecem a um conjunto de normas e são supervisionados pela ASF (Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões), o que tranquiliza o consumidor.

A possibilidade de ter uma alternativa ao SNS, evitando listas de espera, é a grande vantagem. Pode também ser usado como complemento ao sistema público.

Atualmente existem Seguros de Saúde direcionados para a faixa etária sénior, contornando desta forma o aumento exponencial do prémio face à idade.  

  1. Plano de Saúde

Um Plano de Saúde é como um cartão de descontos, isto é, mediante o pagamento de um valor mensal, tem acesso a cuidados de saúde pagando um valor mais reduzido. O Plano de Saúde não tem períodos de carência nem exclusões de doenças preexistentes. Não tem exclusões por doença anterior, no entanto a oferta é mais limitada e se optar por um prestador fora da rede já não terá direito a reembolso.

Qual é a melhor opção?

Dependendo das necessidades de cuidados de saúde que procura acautelar, deverá analisar a solução mais vantajosa. Se pretende precaver uma possível cirurgia, ou aceder com frequência a consultas, tratamentos ou exames no setor privado, o Seguro de Saúde é a melhor opção.

Nas opções menos completas do seguro de Saúde, o custo deste é idêntico ao do Plano de Saúde e se a sua utilização for frequente, acabará por poupar pois, só terá de suportar uma parte da despesa.

O Plano de Saúde é indicado para aqueles que querem aceder ao privado apenas para cuidados de saúde com descontos na rede. Optar por esta solução não é vantajoso no caso de se ter de realizar várias consultas de especialidade, exames dispendiosos, ou realizar uma cirurgia.

Para conhecer os preços e condições de um Seguro de Saúde adaptado às suas necessidades, não hesite em falar connosco e pedir uma simulação!

Partilhe nas redes sociais este artigo

Contactos

Rua Cristovão Pinho Queimado 3, 1º Dto, 3800-012 Aveiro

Telefone: 234 420 637 (chamada para rede nacional)

Email: geral@pbseguros.com

Pedro Borralho – Mediação de Seguros, Lda., sociedade com escritório / sede na Rua Cristóvão Pinho Queimado, nº 3 – 2º Dto. – 3800-012 Aveiro, Telef. 234 420637 chamada para a rede fixa nacional, Fax: 234 425732 chamada para a rede fixa nacional, titular do cartão de identificação de pessoa coletiva nº 505898748, matriculada na Conservatória do Registo Comercial de Aveiro sob o nº 5456/20020711, com o capital social de 32.500,00€, mediador de seguros inscrito em 27/01/2007 no registo do ISP – Instituto de Seguros de Portugal, com a categoria de Agente de Seguros, sob o nº407009912, com autorização para exercer a atividade de mediação de seguros no âmbito dos ramos Vida e Não Vida e que se poderá verificar e confirmar em www.asf.com.pt.